Blog

Países da UE já Ultrapassaram a Meta de 2020 para as Energias Renováveis

0

Parece que apesar do fracasso da Conferência das Alterações Climáticas de Copenhague para fazer uma mossa na política ambiental global, a União Europeia está fazendo todo o possível para garantir que cumpram a meta de produzir 20% da sua energia, proveniente de fontes renováveis até 2020. De fato, muitos países europeus já começaram a ultrapassar este objetivo!

Desenho de um Sol

Desenho de um Sol

De acordo com o Plano de Acção da UE para as Energias Renováveis, estima-se que em 2020 uma média de 34% de toda a energia da UE, virá de fontes renováveis. Não só são mais Estados Membros em vias de atingir a meta de 20% até 2020, mas alguns já ultrapassando-o, agora definindo novas metas para si próprios. A União Europeia já produz 14% da sua energia renovável a partir do vento (Energia Eólica).

A Finlândia, que já recebe 30% da sua energia proveniente de energias renováveis, estando a subir a aposta de uma nova meta de 38% até 2020. A Suécia, que tem como objetivo fazer ainda melhor, atualmente já obtem 42% da sua energia por energias verdes e está apostando nos 50% até 2020. No total de energia consumida em Portugal, 40% teve origem em fontes renováveis. Mesmo os recentes países que aderiram à UE, como a Roménia e a Eslovénia estão confiantes que a sua meta é de 24% e 25% de energias renováveis até 2020.

Contudo, não significa que toda a União Europeia esteja no caminho certo. Malta é quase 100% movido a petróleo e não parece que cumpra a meta de 10% até 2020, apesar da abundante luz solar que recebem. Luxemburgo também está atrasada, atualmente com um total de energias renováveis de apenas 11%.

No seu conjunto, parece que a UE está a definir um grande exemplo para o resto do mundo.

8 de Janeiro de 2011 |
Vantage Theme – Powered by WordPress.
Advertisment ad adsense adlogger
Saltar para a barra de ferramentas